Hoje no Central Boys SP, o garoto de programa e ator pornô Blessed Boy!

Atualmente morando em São Paulo, ele conta um pouco sobre sua rotina trabalhando como garoto de programa e revela os desafios da profissão de acompanhante.

Conhecido nas redes sociais como BlessedBoy1993 ele tem ganhado destaque pela ousadia dos vídeos amadores que posta em sites como Pornhub e Xvideos.

Como um bom macho safado, putão e insaciável ele mama gostoso e adora dar o rabo, mas calma… Pra você que é passivo e sonha com esse gostoso nem tudo esta perdido…!!! Leia a entrevista completa e entenda…rs

Boa leitura!

ENTREVISTA EXCLUSIVA COM BLESSED BOY 1
IDENTIDADE

DE ONDE VEIO O NOME BLESSED BOY?
Eu gosto da ironia do nome com coisas religiosas, mas na real não foi uma grande sacada. Era o nome de um blog antigo que eu tinha em que eu postava coisas que eu gostava, não necessariamente ligadas ao sexo. Acabou que ele virou o meu user de Instagram, Twitter e Pornhub naturalmente por eu gostar do nome.

COMO COMEÇOU E QUAIS MOTIVOS O LEVARAM A SER GAROTO DE PROGRAMA?
No meu caso, primeiro surgiu o interesse em trabalhar com pornô. Programa foi algo que eu comecei a explorar consequentemente uma vez que os vídeos me dariam uma visibilidade nesse mercado.

COMO VOCÊ DEFINE SUA ORIENTAÇÃO SEXUAL?
Sou gay. Nunca rolou sexo com mulher, mas nunca se sabe.

QUAL SUA PREFERÊNCIA DE HOMEM?
Já me senti bastante atraído por quase todos os tipos de homens, mas normalmente caras de porte mais forte e de pele morena e negra me chamam mais atenção.

O QUE MAIS LHE EXCITA NA TRANSA (preliminares, jogos, penetração, dominação…)?
Curto dominação e fetiches. Mas acho que o essencial é entrega e sintonia, mesmo que seja um sexo casual rápido. Não sou muito fã de preliminares intermináveis, fico entediado rs.

ATÉ O MOMENTO QUAL FOI O MELHOR SEXO DA SUA VIDA? QUEREMOS OS DETALHES… RSRS.
Não consigo levantar uma melhor transa. Tive muitas transas maravilhosas e tive algumas “melhores transas”. Acho que nosso parâmetro de sexo bom vai mudando com o tempo, fica mais apurado. Então eu tive sexos que foram os melhores num determinado momento, por conta dos meus gostos na época, e sexos que depois superaram. Todas às vezes foram sexos em que havia entrega plena, química máxima e aquela vontade de entrar um no outro sabe?

QUEM É BLESSED BOY FORA DAS CÂMERAS?
Sou bastante reservado e na minha, um pouco tímido até. Cresci no sul e depois no interior, então acabei me tornando uma pessoa mais na minha. Acabo tendo um círculo social menor por conta disso, mas eu converso com todo o tipo de gente e acho que sou bem simples e empático. Já fui muito porra louca, mas hoje eu sou mais caseiro, vou a algumas festas de música eletrônica que rolam de vez em quando aqui em São Paulo e no Rio quando estou por lá. Tenho um pouco de dificuldade em manter o foco e seguir planejamentos no tempo certo, então eu não gosto de coisas que me distraiam, atualmente eu prefiro uma rotina mais organizada.

ENTREVISTA EXCLUSIVA COM BLESSED BOY 2
PROGRAMAS

COMO FOI SUA PRIMEIRA EXPERIÊNCIA COMO GAROTO DE PROGRAMA?
Com 16 anos eu morava no interior e tinha um cara mais velho que queria me comer. Falei que só daria por grana e ele topou. Foi aventura de moleque, mas no final eu gostei bastante hehe. Depois de alguns anos que eu decidi trabalhar com isso de forma mais organizada.

QUAIS PERFIS DE CLIENTES PROCURAM O BLESSED BOY?
Vish tem vários, não consigo levantar um perfil predominante. Eu acho que minha atuação em redes como o Instagram com o uso de fotografias e coisas mais artísticas me faz chegar num público que gosta disso e que não é um consumidor tradicional de garotos de programa, por aí eu atendo muita gente que nunca saiu com um boy, mas resolveu sair comigo pra ver qual é. De resto tenho meus anúncios de GP, deles vem uma variedade grande que eu acho que não foge muito do público de outros boys.

QUAL A PROPOSTA MAIS ABSURDA FEITA POR UM CLIENTE?
Ou eu sou muito tranquilo com o fetiche dos outros ou eu nunca recebi nada muito absurdo. Eu não julgo as fantasias de ninguém e lido muito naturalmente com tudo. Acho que de absurdo mesmo só algumas pechinchadas kkk

QUAL O PROGRAMA MAIS DIFÍCIL QUE VOCÊ FEZ? AQUELE EM QUE O CLIENTE SE TORNOU INCONVENIENTE?
Existem alguns clientes que confundem os limites de uma relação pessoal e profissional e é algo delicado de se colocar. Podemos ter uma relação profissional, no sentido de você me pagar por um serviço, e termos um momento agradável de cumplicidade e entrega, mas às vezes isso não fica claro na cabeça dos clientes. Tem alguns atendimentos que não rola sintonia, uns que a pessoa vem muito carente, cheia de cargas e desconta aquela energia em você, esses são os mais difíceis e eu evito remarcar quando é assim. Tive um cliente no começo da minha carreira que tinha esse perfil e eu era inexperiente pra lidar, foram alguns atendimentos desgastantes, mas logo eu vi que não precisava passar por aquilo.

VOCÊ FAZ ALGUMA EXIGÊNCIA NA HORA DE ESCOLHER UM CLIENTE?
Eu peço que me enviem ao menos uma foto de rosto pra eu ver como a pessoa é. Tanto por segurança pessoal quanto pra eu ver se vai rolar. Mesmo eu sendo profissional, eu tenho que estar atraído minimamente pela pessoa pra coisa fluir, mesmo quando eu sou passivo (aliás, eu sou versátil nos meus atendimentos, apesar de ainda não ter vídeos sendo ativo rs).

JÁ ROLOU ALGUMA QUÍMICA ALÉM DO LADO PROFISSIONAL ENTRE VOCÊ E ALGUM CLIENTE? COMO LIDOU COM A SITUAÇÃO?
Que tenha extrapolado o profissional ainda não. Com alguns clientes rola uma química ótima de pele, isso torna meu trabalho melhor, mas nada que tenha confundido as coisas. Já rolou de um cliente frequentar os mesmos lugares que eu e ficar meio estranho às vezes haha

HOUVE ALGUMA SITUAÇÃO ESTRANHA, INUSITADA OU ENGRAÇADA DURANTE UM PROGRAMA?
Uma vez eu bati no apartamento errado e um cara atendeu, fui entrando dando um oi meio safado e ele com cara de quem não tava entendendo nada, fui sacar depois de alguns segundos. Teve uma vez também que espirrei lubrificante no rosto de um cliente.

ENTREVISTA EXCLUSIVA COM BLESSED BOY 3
FILMES

QUAL CENA VOCÊ MAIS GOSTOU DE GRAVAR? E QUAL A CENA MAIS DIFÍCIL DE FILMAR?
Não fiz tantos vídeos assim, pelo menos não tanto quanto eu gostaria hehe. Meus vídeos são todos transas bem espontâneas com pouco roteiro então costuma rolar tranquilamente. Tem um dos meus primeiros bem amadores com um cara q no titulo eu chamo de “mlk carioca” que foi um sexo muito bom. O gang bang foi gostoso de fazer, mas foi o mais difícil porque tinha pouca luz no dia e muita gente pra fazer sombra, então a gente tinha que ficar se organizando o tempo todo.

QUAL SEU VÍDEO DE MAIOR SUCESSO ATÉ O MOMENTO? E AO QUE VOCÊ ATRIBUI O SUCESSO DESSE VIDEO?
Segundo o Xvideos, meu vídeo com mais views é o “dando o cu pro mlk carioca” e no Pornhub é o gang bang. O primeiro tá bem orgânico, eu gozo dando sem por a mão, tem um enquadramento bom no meu rosto e é curtinho, ele foi bom pra dar uma viralizada. O gang bang acho que foi o meu vídeo mais elaborado no momento, tem bastante bareback, dominação e tudo mais.

COM O GRANDE INTERESSE DOS BOYS PELOS SEUS FILMES, VOCÊ ENTRA EM CENA PENSANDO NO QUE ELES GOSTARIAM ESPECIFICAMENTE DE VER? VOCÊ PREPARA SUA PERFORMANCE PRA ELES DE ALGUMA MANEIRA, OU É ALGO NATURAL DO SEU ESTILO DE ATUAÇÃO?
Eu gosto de BDSM e curto trazer isso pros meus filmes de alguma forma, mas não forço nada. Não adianta falar pra um cara que não tem costume de ser dominador na vida dele me dominar no vídeo porque vai sair estranho, então vai muito do que os caras que eu trabalho curtem também, prefiro não planejar muito. Eu e meu amigo que filma bolamos um roteiro básico pra nortear um pouco, mas nada demais. Eu penso no que o meu público quer ver, mas ao mesmo tempo eu tenho as minhas ideias sobre pornô e quero colocar isso em prática, mesmo que não seja uma demanda do meu mercado. O legal é que muitas pessoas que me assistem curtem essa parada fetichista e me dão ideias nesse sentido. É legal, mas como disse eu ainda tenho poucos vídeos então essas coisas ainda estão entrando nos trilhos.

QUEM ACOMPANHA VOCÊ NAS REDES SOCIAIS E NOS SEUS CANAIS DO XVIDEOS E PORNHUB, JÁ DEU PRA PERCEBER QUE A MAIORIA DAS SUAS CENAS SÃO DE FODA BAREBACK. PORQUE VOCÊ GOSTA DE GRAVAR CENAS DE SEXO BARE?
Eu tomo PrEP, sigla pra Profilaxia Pré-Exposição. Pra quem não sabe, consiste no uso diário de um antirretroviral chamado Truvada que, quando ministrado diariamente em pessoas que não são portadoras do HIV, possui eficácia comprovada na proteção contra o vírus equivalente ao da camisinha (99,9%). No Brasil é um pouco recente então muita gente não sabe sobre. Além disso, eu tenho vacinas contra HPV, Hepatite A e B em dia. Como eu já faço sexo oral intenso nos caras, penetração sem camisinha acaba sendo quase a mesma coisa, uma vez que eu tenho essa proteção ao HIV.

BEBER A PORRA QUENTINHA DOS BOYS, NO FINAL DE CADA FODA, ACABOU SE TORNANDO UMA DE SUAS MARCAS MAIS CONHECIDAS NOS VÍDEOS. QUAL O TESÃO QUE VOCÊ SENTE A CADA LEITADA QUE VOCÊ GANHA NAS FODAS?
Eu tenho muito tesão em levar leitada seja onde for, então todos os meus vídeos tem leitada na boca, na cara ou no cu. Quando eu transo a hora que o cara goza é sempre um ponto alto pra mim. Nem todos os vídeos acabam ou vão acabar com leite na boca, mas sempre faço do momento uma cena especial hehe.

BLESSED BOY LEVANDO LEITADA NA BOCA DE TRÊS CASADOS


NOS SEUS VÍDEOS SEMPRE EXISTE UM AR DE FETICHE E SUBMISSÃO, MARCAS CARACTERÍSTICAS DE FILMES BDSM. ISSO É APENAS ALGUM TIPO DE ESTRATÉGIA PARA ATRAIR PÚBLICO COM CENAS DE SEXO MAIS HARD OU É POR CONTA DA SUA PREFERÊNCIA DE SEXO COM PEGADA MAIS FORTE?
Eu tenho essa preferência desde o começo. Não sou muito entusiasta de sexo papai e mamãe, apesar de que quando tem sintonia pode ser bom. Eu resolvi trazer pros filmes não só porque eu curtia, mas porque eu não vejo o BDSM representado decentemente nos filmes gays. Sempre tem um ar forçado, caricato, muita estética e pouca dominação de fato. Outra coisa que me incomoda é o tratamento do fetiche como algo exótico. Pessoalmente, eu vejo os fetiches apenas como uma forma de expandir as possibilidades do que você pode fazer com os corpos durante o sexo, as pessoas que inventaram essa separação “sexo normal x sexo com fetiches”. Por exemplo, lamber o pescoço é normal, mas lamber o sovaco e o pé já é fetiche, pra mim não faz sentido.

O VÍDEO INTITULADO BLESSED BOY X MAD J – KLK DIRECTION (CLICK AQUI PARA ASSISTIR) FOI SUA 1ª PRODUÇÃO CASEIRA COM EQUIPAMENTOS MAIS PROFISSIONAIS E DIREÇÃO. COMO FOI ESSA EXPERIÊNCIA E SUA PREPARAÇÃO PRO FILME?
Foi interessante, mas todo mundo ficou meio perdido durante a gravação. Tínhamos que parar pra decidir algumas coisas, prestar atenção no ângulo e na posição das pernas e braços. Ali eu vi pela primeira vez que por mais orgânico que seja um pornô dificilmente vai ser como um sexo casual, você tem que prestar atenção no que a câmera tá pegando na luz etc… Fiquei meio tenso no dia e querendo manter tudo sob controle. Atualmente eu e meu amigo que filma (o KLK – KikiLakinky) pegamos algumas manhas e a coisa rola mais naturalmente. As táticas de gravação acabam se misturando com a putaria e acho que estamos indo num bom caminho.

PELOS COMENTÁRIOS DO VÍDEO BLESSED BOY X MAD J, MUITOS CARAS FICARAM CURIOSOS PRA SABER UM POUCO MAIS SOBRE O DOMINAODR QUE ATUOU COM VOCÊ. REVELE PARA OS NOSSOS LEITORES UM POUCO SOBRE ESSE OUTRO MACHO QUE TE COMEU GOSTOSO…!
Ele precisa manter o anonimato então eu não posso dar detalhes. Apenas adianto que ele foi o melhor dominador que eu já encontrei e que em breve terão mais vídeos com ele.

NO FILME BLESSED BOY GANG BANG (CLICK AQUI PARA ASSISTIR), VOCÊ COMO UM BOM PASSIVO SAFADO, PUTÃO E INSACIÁVEL, MAMOU E DEU O RABO PRA TODOS AQUELES GOSTOSOS! COMO FOI PRA VOCÊ SER O ÚNICO PASSIVO E SACIAR O TESÃO DE TODOS AQUELES MACHOS?
Eu prefiro ser o único passivo de putarias assim, sou egoísta e gosto de dar conta de todo mundo. Não ligo se tiver outro passivo e interajo com ele também, mas piro muito mais quando todos estão descarregando o tesão em mim.

QUE TIPO DE IMPACTO VOCÊ ACREDITA TER CAUSADO COM O FILME BLESSED BOY GANG BANG?
Acho que foi um filme mais pesadão, mais próximo de um pornô tradicional e também deixou claro que eu aguento bastante. Teve uma repercussão boa no Pornhub e muitos gringos assistiram. Quero fazer mais gang bang (dessa vez numa luz melhor).

AINDA SOBRE O FILME BLESSED BOY GANG BANG, QUAL SUA OPINIÃO SOBRE A PRÁTICA DO SEXO GANG BANG?
Gang bang é só mais uma coisa que você pode fazer com seu corpo, se te dá tesão pensar nisso, experimente, se não te dá tesão ou te deixa ansioso de um jeito ruim, não experimente. Isso vale pra qualquer prática.

ENTREVISTA EXCLUSIVA COM BLESSED BOY 4
MERCADO & CARREIRA

QUAL SUA OPINIÃO SOBRE O MERCADO DE ACOMPANHANTES MASCULINOS NO BRASIL?
Acho que enfrentamos algumas limitações por conta dos tabus sociais. A maioria precisa de anonimato, não pode se expor e tem no trabalho de GP algo temporário. Isso é complicado porque joga a profissão numa informalidade muito grande. É um mercado de serviços que movimenta bastante grana, mas não tem pesquisas de mercado, estatísticas ou respaldo legal. Se você quiser ser GP e jogar na internet sobre o assunto, quase não tem referências pra te guiar. Falando assim, eu sei que pareço meio fora da realidade (pesquisas de mercado pra putos?), mas eu não acho. Nossa profissão é como outra qualquer, não tem nada de degradante, exótico ou espetacular em transar por dinheiro, mas existe toda uma estrutura social que joga a gente numa informalidade que não nos dá poder de escolha sobre esses assuntos. No mais, o mercado se concentra em capitais e cidades turísticas no geral. Eixo São Paulo e Rio de Janeiro aparentemente é o mais aquecido, mas outros lugares são bons também. Existe um funcionamento parecido com o comércio, ao menos aqui em São Paulo: meses pós-férias como fevereiro e agosto são fracos, final de ano é bom; final de mês é mais fraco, após o quinto dia útil é mais forte e por aí vai.

POR QUE ESCOLHEU SÃO PAULO PARA TRABALHAR? O QUE LHE ATRAIU NUMA CAPITAL ONDE A CONCORRÊNCIA É ACIRRADA?
Eu já morava aqui antes de ser GP, então não foi exatamente uma escolha, mas eu gosto de trabalhar aqui. Tem bastante garoto de programa, mas tem bastante público também, acho que dá pra todo mundo se virar bem. São Paulo deve ser a cidade brasileira onde mais tem gente mente aberta sobre a minha profissão e o sistema de transporte aqui atende bem minhas necessidades diárias de locomoção nos atendimentos.

QUAIS FORAM OS REQUISITOS NECESSÁRIOS PARA VOCÊ SE DESTACAR COMO GAROTO DE PROGRAMA? VOCÊ REALIZOU ALGUM INVESTIMENTO?
Investimentos em academia são essenciais em quase todos os perfis de acompanhante. Quanto mais eu evoluo na academia, mais eu tenho sucesso. Também é preciso ter preparo físico pra aguentar o tranco no atendimento rs alongamento e aeróbico tem que estar em dia. Fora isso, é importante ser gente boa com o cliente e criar um ar cúmplice durante a sessão, sem pressa ou neuras, isso você vai ganhando com o tempo e experiência.

VOCÊ CONSEGUE VIVER APENAS FAZENDO PROGRAMAS? E ALÉM DE ACOMPANHANTE, VOCÊ EXERCE OUTRA PROFISSÃO?
No momento minha renda vem quase totalmente dos programas, acabei de ser aceito como Modelo PornHub e vou ganhar por visualizações, mas ainda não tenho como saber o quão rentável isso vai ser pra mim.

PRETENDE FICAR POR MUITO TEMPO COMO GAROTO DE PROGRAMA?
Por enquanto eu gosto do que eu faço e vou levar. Pretendo atender até o momento que for confortável pra mim. Tenho alguns outros projetos profissionais paralelos que a minha visibilidade na internet pode me ajudar a promover, mas por enquanto são apenas ideias na minha cabeça.

ENTREVISTA EXCLUSIVA COM BLESSED BOY 5
SAÚDE

COMO VOCÊ CUIDA DA SUA APARÊNCIA?
Alimentação balanceada, cuidados com a pele (cremes, limpeza e filtro solar), exercício físico, sono de qualidade, evito excessos e bebo bastante água. Gosto de cuidar do que estou vestindo também.

JÁ USOU ADITIVOS – DROGAS?
Sim, usava mais na adolescência. Hoje em dia eu uso raramente e de forma moderada.

EM RITMO INTENSO DE TRABALHO VOCÊ COSTUMAVA FAZER USO DE ALGUM ESTIMULANTE?
Café pra manter o pique e viagra quando precisa dar um up na animação.

VOCÊ FAZ EXAMES REGULARMENTE?
Sim, como eu uso PrEP pelo SUS eu preciso retornar lá de três em três meses pra fazer vários exames.

ENTREVISTA EXCLUSIVA COM BLESSED BOY 6
TRAJETÓRIA

JÁ SOFREU ALGUM TIPO DE PRECONCEITO POR FAZER FILMES COM CENAS BAREBACK?
Sim, muita gente já falou merda sem saber do contexto, infelizmente é um hábito que nós brasileiros temos. Comentários degradantes sobre eu ser soropositivo e ter DSTs num linguajar que mais parece mais um babaca dos anos 90 do que um jovem gay de 2018. Eu demorei pra expor o meu uso de PrEP nas redes sociais, primeiro porque é algo pessoal, segundo porque não teria nada de errado se eu fosse soropositivo, não preciso dar explicações. Mas chegou num nível bem constrangedor. Mesmo depois de eu esclarecer o uso do Truvada, muitas pessoas ainda insistem que há outras DST’s. Gostaria de saber se essas pessoas não beijam, se chupam todas as rolas com camisinha, não fazem cunete e evitam dedo no cu, pois tudo isso é capaz de transmitir as outras infecções pra além do HIV (e a taxa de risco não é tão baixa assim). A grande verdade é que existe muito patrulhamento e muito terror social sobre o sexo dos outros, isso é típico da nossa sociedade. O que me entristece é ver pessoas que já são vítimas desse patrulhamento reproduzindo ele.

QUAL LIÇÃO APRENDEU SENDO GAROTO DE PROGRAMA?
Eu acabei aprendendo bastante sobre pessoas no geral, por passar tantos momentos íntimos com elas. No programa os clientes se despem das personas que usam no trabalho e na família e ficam mais relaxados. Existem alguns padrões que eu consigo perceber. Além disso, tem muitas questões sobre empreendedorismo e gestão de trabalho autônomo que eu lido diariamente, vou batendo a cabeça aqui e acertando li.

QUAIS SÃO SEUS PLANOS PARA O FUTURO?
Estudar, levar a pornografia adiante, continuar atendendo, aumentar minha visibilidade na internet, ajudar na naturalização da minha profissão. Tenho alguns projetos que vão mais ao sentido de produção e criatividade que ainda quero explorar mais pra frente.

DEIXE UMA MENSAGEM PARA OS FÃS:
Em breve tem mais conteúdo! Eu lido com tudo sozinho, realizo meus atendimentos diariamente, agendo clientes, vou ao local, mantenho as redes sociais e os anúncios ativos, organizo gravações, atuo, edito, trabalho na divulgação digital disso tudo e eu ainda sou uma pessoa com problemas concentração, então nem sempre eu consigo produzir material no ritmo e quantidade que eu gostaria, mas não pretendo parar tão cedo! Blessed Boy só está começando ;)). Além disso, muito obrigado a todo mundo que me acompanha, me manda mensagens de apoio, compartilha o que eu produzo etc… Vocês são essenciais demais pra eu manter o pique de continuar produzindo e trabalhando! <3

PARA SABER MAIS SOBRE BLESSED BOY
Twitter: @blessedboy1993
Pornhub: blessedboy1993

ENTREVISTA EXCLUSIVA COM BLESSED BOY 7


C e n t r a l · Boys | SP

boyscentral@gmail.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

um × 5 =