Oi me chamo Luciano, sou bissexual, tenho 1,70 m, branco, com cabelos e olhos castanhos, com 15 anos, o conto a seguir relatado, é algo fictício, mas que gostaria muito que acontecesse.
Em um belo dia de aula, estava eu sentado quando sinto vontade de ir ao banheiro, peço ao professor e ele deixa. Ao sair do box onde estava encontro meu colega, um menino bonito com seus 1,85 m de altura, muito forte, loiro, meus preferidos, perguntei brincando: “o que você esta fazendo ai seu boiola?”, ele responde com uma cara séria: “entra no box!!!”, logo respondo na brincadeira novamente: “ta me estranhando?”, em tom sério fala novamente: “entra se você não quer apanhar”, daí vi que ele estava falando sério.
Me pegou pelo braço, e me levou, ao entrar, botou suas mãos no meu bumbum, levou seus lábios volumosos em encontro dos meus e sinto sua língua adentrando minha boca, explorando cada canto, quase derreti, subitamente agarro seu corpo por baixo da jaqueta, sinto seu coração batendo, seu corpo quente, dou um pulo e entrelaço minhas pernas ao seu redor ficando no se colo, sentindo seu pau duro com uns 19 cm, roçando minha bunda.
Comigo ficando em pé, começamos a tirar nossas roupas, camisetas, calças, ficamos só de cueca, ele começou a descer, beijando meu pescoço, peito, e então tirou minha cueca, e começou a me chupar, lambendo minhas bolas até a cabeça do meu pau, e introduzindo na sua boca, depois de repetir isso varias vezes, virou de costas pra mim baixou sua cueca e falou: “chupa”. Caí de boca naquela bundinha, lisinha, sua pele branca, macia como a seda, eu lambi sua bunda de uma extremidade a outra, introduzindo minha língua no seu cu, aparentemente virgem, passando minhas mãos pelas suas costas largas até sua, ele dava pequenos orgasmos, que me deixavam louco. Vi ele pegar uma camisinha de sua calça, e me deu sem falar nada, coloquei, e botei meu pau na entradinha do seu cuzinho, ele ia para frente e voltava, o segurei mais forte, e introduzi a cabeça do meu pau, ele de u um grito baixo de dor, esperei ele se acostumar com o corpo dentro de si, então comecei um vai e vem gostoso aumentando o ritmo, ele começou a rebolar. Depois de um tempo disse que iria gozar, ele tirou meu pau da sua bunda, em um orgasmo gozei como nunca, ele chupou ferozmente todo o sêmen, não deixando nenhuma gota sair.
Então me deu sua pica para chupar, pois queria gozar também, chupei muito, e em instantes ele gozou, em jatos quentes e longos que encheram minha boca.
Deu-me outro beijo, colocamos as nossas roupas e fomos para a aula, o professor perguntou onde estávamos e dissemos que tínhamos ido ajudar uma outra professora.
Após esse episódio nos encontramos várias vezes dentro e fora da escola.

ESCOLA, COLEGA, MUITO SEXO! 1


C e n t r a l · Boys | SP

boyscentral@gmail.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

10 − dois =